Saúde animal de estimação

Aprecie com segurança o jogo de futebol com seu cão: cuidado com 13 alimentos perigosos

Aprecie com segurança o jogo de futebol com seu cão: cuidado com 13 alimentos perigosos

O grande jogo chegou e muitos de nós gostamos de assistir com nossos entes queridos - e isso inclui nossos animais de estimação. É muito comum que os fãs de esportes façam uma festa e preparem lanches, deixando itens em casa que podem ser perigosos para os cães. Aqui, no site, queremos manter seu cão seguro. Abaixo, listamos os perigos mais comuns para que você possa proteger seu cão e aproveitar a diversão da melhor maneira possível.

Observe que uma das razões pelas quais alguns alimentos são tão perigosos é porque alguns cães roubam comida das mesas, obtendo acesso a coisas que nunca receberiam diretamente. É menos provável que você note o comportamento do seu cão se você se distrair com conversas ou assistindo ao jogo; portanto, você pode considerar colocar lanches em mesas mais altas ou até ficar sem eles inteiramente para a celebração mais segura.

Abaixo estão alguns dos perigos mais comuns:

1. Palitos e espetos: Esses itens são comuns como uma maneira de servir lanches pequenos, como salsichas de coquetel, mas podem parecer doces para cães que podem resultar em ferimentos graves. Animais de estimação cheiram a carne nas picaretas e as comem, e os gravetos podem ficar presos na boca ou na garganta. Houve até relatos de picaretas de madeira perfurando estômagos e intestinos em cães.

2. Uvas: Muitas mesas de lanches também contêm frutas frescas, como uvas. Estes podem ser perigosos para os cães, causando insuficiência renal, por isso, fique longe.

3. Cookies com Passas de uva: Assim como as uvas são tóxicas, o mesmo acontece com as passas. Nem todo cão é afetado, mas apenas algumas passas têm o potencial de ser tóxico para alguns (especialmente cães menores ou mais velhos). Não deixe cair nem dê ao seu cão uma mordida nos seus biscoitos de aveia e passas, por qualquer meio.

4. Abacate: Fazendo guacamole? Mantenha este lixo da cozinha longe do seu cão. Alguns cães gostam de mastigar os caroços e podem sufocá-los. Se você fizer itens usando abacates, tome cuidado especial para colocar os caroços em uma lata de lixo coberta.

5. Chocolate: É bastante conhecido entre os amantes de animais de estimação que o chocolate pode ser tóxico para os cães em grandes quantidades, mas não faça alterações. Uma única lasca de chocolate provavelmente não causará nenhum dano, mas grandes quantidades de chocolate podem ser tóxicas, e você não deseja deixar sacos de suprimentos para assar por aí, onde seu cão pode chegar até eles.

6. Asas de frango: Estes são um grande perigo para os cães porque os ossos nas asas podem ser afiados e perigosos. Os ossos podem ficar presos na via digestiva ou causar distúrbios gastrointestinais.

7. Ossos da costela: Assim como as asas de frango podem ser perigosas, os ossos restantes de um churrasco de costela também podem ser perigosos. Eles podem ser mastigados em bordas afiadas que podem causar cortes nas gengivas ou tecidos orais, danos no estômago ou intestinos ou, eventualmente, levar à constipação. Os molhos ricos que os cobrem podem conter ingredientes tóxicos, como cebola, ou irritar tecidos estomacais e intestinais sensíveis.

8. Comidas gordurosas: E por falar em alimentos ricos em gordura, os cães os amam da mesma forma que os humanos, mas podem causar pancreatite. Esse problema gastrointestinal pode afetar qualquer cão, mas cães de raças pequenas, como Poodles, Cocker Spaniels e Schnauzers Miniatura, são particularmente propensos a isso. Os sintomas da pancreatite incluem vômitos, dor abdominal e (ocasionalmente) diarréia.

9. Macadâmia: Um pequeno frasco pode conter muitos problemas para o seu animal de estimação. O mecanismo por que essas nozes são tóxicas é desconhecido, mas apenas 6 e 40 nozes em cães causaram sintomas tóxicos graves. Os cães podem desenvolver fraqueza, depressão, vômito, dificuldade para caminhar, tremores, dor abdominal, claudicação, rigidez e gengivas pálidas após a ingestão; portanto, mantenha as misturas de lanches longe do seu cão.

10. Cebola ou Alho: Os cães e gatos não possuem as enzimas necessárias para digerir adequadamente as cebolas, e isso pode resultar em gases, vômitos, diarréia ou graves problemas gastrointestinais. Anemia grave e até morte podem ocorrer se o cão ingerir muita cebola ou alho e não receber tratamento.

11. Xilitol: É um adoçante com álcool e açúcar encontrado em produtos alimentares humanos sem açúcar, como chiclete, doces e, mais recentemente, manteiga de amendoim, além de vários outros produtos. Cães que comem quantidades significativas podem desenvolver uma queda repentina no açúcar no sangue, o que pode causar fraqueza, letargia, perda de coordenação, colapso e convulsões. Toxicidade grave pode causar insuficiência hepática.

12. Decorações: Estes não são alimentos, tecnicamente falando, mas alguns cães certamente pensam que são. Muitos animais de estimação mastigam e ingerem todo tipo de palhetas decorativas de plástico, serpentinas, miçangas, faixas e muito mais se conseguirem colocar as patas (ou a boca) nelas. Estes podem causar perfuração e bloqueios graves no sistema digestivo sensível do seu cão, por isso, mantenha-os longe do alcance do seu cão.

13. Álcool: A cerveja geralmente anda de mãos dadas com festas e comportas do Super Bowl, mas pode ser um problema grave para o fígado e os rins do seu cão se ingerido. Sei que pode parecer engraçado deixar seu cão participar das comemorações, mas por favor, mantenha o álcool longe do alcance dele. Isso vale para itens marinados ou cozidos com cerveja também, apenas por segurança.

Ao preparar seu menu para sua empresa, consulte esta lista e verifique se está tomando as devidas precauções. Para garantir a segurança, considere não incluir alguns dos itens perigosos, como biscoitos com passas e lanches com palitos de dente. Esperamos que essas dicas ajudem a manter seu cão seguro e que toda a sua família (incluindo animais de estimação!) Tenha um ótimo dia de jogo.

(?)

(?)